14 de mai de 2013

Tadinha da Ana


  
                                                        Imagem do Google 
Há semanas a Ana cumpriu a mesma rotina,
 Levanta cedo vai ao aeroporto e espera o avião chegar.
O Avião pousa passageiro um a um desembarca e Ana ansiosa roendo as unhas.
 Tadinha da Ana...
Mais uma vez  sai  de cara  amarrada, chutando tudo  que encontra pela.
Frente

Em pensamento ele fala...

 -Mais um dia e ele não veio, jurou que viria!
Logo hoje que marcamos ir ao bosque, arrumei a cestinha de picnic, 
Coloquei as maças que ele adora salgadinhos e docinhos todos preparado pela minha mãezinha...
Que droga de vida!

Quando a Ana entra em  casa joga os chinelos e corre pro quarto, sua mãe lhe pergunta
-Que cara é essa?
E ela responde...

-Não estou pra ninguém, se ele ligar, diga que eu morri, 
cCansei de todo dia levantar com o cantar do galo e sair correndo, com medo de perder a chegada do avião, Hoje até me perguntaram se sou  aeromoça.
Amanhã será diferente nem levanto da cama o dia inteiro.

A Ana se deita e fica a pensar...
Mais tarde sua mãe  abre a porta do quarto e a Ana ainda resmunga de raiva.

Mesmo assim ela precisa lhe falar, e fala baixinho...

-Filha! Esperei você se acalmar, 
sSó agora vim te dar o recado que seu noivo mandou, ele
Ligou hoje cedo, você não estava!

Falou que perdeu o embarque e está vindo de carro,
 falou que te ama, e não ver a hora de te abraçar.



20 comentários:

  1. Oi Menina romancista. Lindo!!
    Você escreve bonito porque escreve com a alma.
    Agora que percebi porque não consigo coloca seu blog como favoritos, Pois é dependent woman
    Vou tentar outra vez
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo blog! Muito lindo e poético.
    Agradeço também a sua visita ao Saiba História.
    Abraços!

    ResponderExcluir
  3. Olá!Boa noite
    Querida e linda amiga Mary
    A maioria das pessoas idealiza planos a dois com base nas próprias expectativas e, quando não é correspondida, se decepciona...mas pode acreditar que quem ama, vai sempre encontrar um meio de se encontrar,seja por avião, de carro...ou...
    Obrigado pelo carinho de sempre
    Boa quarta feira
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Lindo final!Que bom que acabou bem!!! Estava com pena dela! beijos,tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  5. Lindo amiga!
    Que boa notícia da mãe...ainda bem, ela estava tão triste!
    Beijos querida amiga e um dia abençoado pra você!
    Obrigada pelo delicado comentário!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  6. Amiga adorei ler essa pequena mais linda espera do amor
    com certeza o final foi muito feliz.Uma linda tarde beijos ,Evanir.

    ResponderExcluir
  7. OI MARY!
    UFA!
    AINDA BEM QUE ESTÁ TUDO CERTO PARA A ANA NÉ?
    UMA BONITA HISTÓRIA DE AMOR E COM FINAL FELIZ, O QUE É ÓTIMO.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Boa noite!
    parabens pelo lindo trabalho.
    Abraços
    Sinval

    ResponderExcluir
  9. Boa noite Mary
    Um final surpreendente! Quando o amor é verdadeiro todas as barreiras são vencidas e o encontro se torna mágico.
    Estou agradecendo e oferecendo um selo pela comemoração de 01 mês de blogosfera. Obrigado por sua interação.
    A sua encantadora presença dá vida ao meu blog. Obrigado pelo carinho.
    Um abraço
    Bruno

    ResponderExcluir
  10. Boa noite minha querida Mary

    Obrigada pelas calorosas palavras.
    A história de amor tem que ser sempre feliz porque é amor. Tudo é possível quando este sentimento é lindo e verdadeiro.

    Linda história amiga

    Beijo e uma quanta maravilhosa e cheia de sucesso

    Rachel Omena

    ResponderExcluir
  11. Bom dia, Mary. Muito bom! Não esperava esse desfecho, mas isso é o que dá fazer julgamento alheio e se trancar em suas próprias ideias!
    A Ana deve ter se arrependido e muito do quanto reclamou do seu noivo!
    Parabéns!
    Beijos e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  12. Mary, Querida

    Este teu Conto vem reforçar a verdade de que as expectativas altas, dão queda. Na verdade todos um pouco assim.
    Se soubermos esperar, sempre recebemos o que os sonhos ou os desejos nos possam dar.
    O que for "nosso", ninguém nos retirará.
    Um Conto para uma vera reflexão.


    Beijos


    SOL

    ResponderExcluir
  13. Hello! Very nice blog and interesting posts, great atmosphere.
      Have a nice day. :)
    We cordially invite you to our blog:
    - Problems with your computer? Or maybe the problem with the program? http://technicznieinformatycznie.blogspot.com/
    - Photography equipment, passion. http://photographyismyexistence.blogspot.com/
    I hope you also enjoy it with us.

    Greetings!

    "Do what you love is not even that, but anyway"

    ResponderExcluir
  14. Linda história. Parabéns! Seu blog é 10.
    Quero agradecer sua doce visita no meu cantinho. bjss

    ResponderExcluir
  15. Oi Mary
    Adoro histórias com finais felizes, por isso adorei a sua! Além de grande poetisa, vc também é uma contista!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  16. ...cara Mary, il tuo breve racconto confida che tutto è bene quel che finisce bene...l'amore vero non tradisce mai...abbraccio e bacio..

    ResponderExcluir
  17. Belo dia de domingo menina inteligente !
    Seu conto tem muito de imperativo do qual virou uma obra prima...
    Deixo aqui o link de uma história fenomenal do qual vale muito a pena conferir para termos consciência do valor da vida diante da morte.É uma história creio não ser conhecida por vc ,mas vale muito a pena seu depoimento como comentário...
    bjs de dia de domingo !
    http://lucinhasdreamgarden.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. ...cara Mary, come stai? Tutto bene?...un abbraccio e buon inizio di settimana...

    ResponderExcluir
  19. E é assim, quando se menos espera, quando a certeza finca, a vida muda tudo... rsrsrs

    bjos

    ResponderExcluir
  20. Olà, Mary

    Este final significa que perder as esperanças não significa desistir .
    Por vezes a resposta està tão perto (como neste caso) que nem nos apercebemos .
    Gostei imenso de ler .

    Bjs

    ResponderExcluir


“O Poeta é um fingidor, finge tão completamente
que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.”

( Fernando Pessoa)


Arquivo do blog

jf.maps

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...