31 de mar de 2014

A ultima poesia


Imagem do Google
***
Era a sua ultima poesia,
Uma triste despedida.
As suas ultimas letras tornavam-se
Quase inelegíveis diante de suas lagrimas.

Sobre a melodia de um piano triste
Ele escrevia suas ultimas estrofes.
Era a despedida de um poeta.

Em cada canto do seu quarto
Arquivos tumultuados
Lembranças de toda uma vida.
Taças de vinho
Espalhadas pelo chão.
Sobre o seu velho cinzeiro
As cinzas de cada trago.

As lembranças davam lugar
A um imenso silêncio
É triste ver que seus escritos
Hoje são apenas arquivos
Em papeis mofados.
Ele que já não quer mais chorar
Escrevendo versos tristes.
Sobre a sua já tão surrada rede,
O descanso de um poeta.

-Não te assustes de mim,
Um dia eu também fui feliz!
É apenas um desabafo,
Que leva em cada letra,
Uma triste gota de lagrima.
Foi assim que escrevi,
A minha ultima poesia.

 ****


36 comentários:

  1. Oi Mary
    Muito profundo, triste, porém de um sentimento tremendo! Adorei!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Linda e triste despedida nessa poesia! Bela inspiração! beijos,bom te ver! chica

    ResponderExcluir
  3. Bom dia Mary.. quantas vezes eu disse que seria a última poesia, a última obra e ainda cá estou a versar.. algo não nos deixa parar beijos e um lindo dia até sempre amiga querida

    ResponderExcluir
  4. MARY MINHA QUERIDA !!! FUI NO TEMPO ATÉ JUNTO DO VELHO POETA !!! E creia A POESIA DE CADA UM DELES É ETERNA É ATEMPORAL COMO ELES SÃO NUNCA VÃO PARA MESMO DESTA DIMENSÃO SAINDO POIS EXISTEM ACIMA DA VIDA MORTAL !!! O QUE OS FAZ IMORTAIS É O QUE SENTEM E ISTO É TÃO INTANGÍVEL QUE A MORTE OU O PARA DE ESCREVER NÃO OS CALA !! POIS SÃO COMO AROMAS ESPALHADOS AO AR PELAS FLORES !!! E EM CADA PEDAÇO DOS SEUS CAMINHOS OS AROMAS MUDAM !!! O TEMPO PASSA A VIDA MORRER E A POESIA SEGUE !!! UM GRANDE BEIJO E MEUS PARABÉNS PELO POST !!! LINDO !!! DO AMIGO DE SEMPRE Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  5. Oi Mary, as pessoas somem, não mandam e-mail, deixam nossos corações partidos com tantas coisas a serem dividas.
    Eu senti sua falta, escrevi, não respondeu, então, pensei ser algum problema
    Adoro suas poesias.
    Espero que não seja sua despedida firmada, pois para mim tinha perdido as esperanças.
    Foi bom lê-la, a tristeza acomete qualquer idade. Precisamos ser fortes.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  6. Olá, Mary, querida!

    Tudo bem ou quase tudo, né?

    Esse poema é a continuação ou conclusão do anterior, mas, se trata de velho poeta, que já passou pela vida e vice-versa.

    Com você, nada disso acontecerá, porque é bem jovem, e precisa de descansar da net e se divertir com seus amigos/as.

    Estás escrevendo muito bem, acredita! Volta, quando te apetecer e sentires vontade. A net anda meio parada, não sei o k se está passando.
    Estou te escrevendo com a mão esquerda, pke a direta já não aguenta mais, de tanto escrever. Acho que eu, tb, vou descansar um tempinho, pke ando exausta.

    A gente se fala, tá?

    Beijinhos da Luz.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Bom dia, Mary Veloso
    sim, muitas saudades, também!
    eu penso que mais que pensar em despedir ou parar de escrever/desabafar, precisamos d"o descanso de um poeta.", logo tudo voltará ao normal...
    Obrigado pelo carinho e lembranças, belos dias, beijos!

    ResponderExcluir
  8. cara Mary, i tuoi versi strappano lacrime che quiete scendono in fondo al cuore, ma che lasciano anche la speranza di potere rileggerne di nuovi, e la certezza che nessuna parola scritta andrà mai perduta: il tempo può tutto contro di noi, tranne che rapire le nostre parole scritte. Un forte abbraccio, col desiderio di poter tornare presto a leggere una tua nuova poesia. Bacio.

    ResponderExcluir
  9. Não faço qualquer comentário!
    Faltam-me as palavras!
    Mas, acredito, que há despedidas assim.

    ResponderExcluir
  10. UNA POESÍA MUY CONMOVEDORA....!
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  11. OI MARY!
    ACHO QUE MEU PRIMEIRO COMENTÁRIO NÃO ENTROU, ENTÃO VOU ESCREVER NOVAMENTE.
    "SÓ A MORTE MESMO PODE PARA O POETA, EMBORA ATRAVÉS DE SUA OBRA, ELE VIVERÁ PARA SEMPRE.
    LINDO TEU TEXTO.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. ...cara Mary, spero tu stia bene; colgo questo momento per augurarti una serena e gioiosa Pasqua...abbraccio e bacio..

    ResponderExcluir
  13. Ola Mary! Que poema tão bonito!

    É com muito carinho que lhe informo que lhe dei um prémio em http://marysillusionsblog.blogspot.com/2014/04/cracking-chrispmouse-bloggywog-award.html

    Beijinho

    ResponderExcluir
  14. ..cara e dolce Mary, sono tornato a rileggere la poesia perché è bellissima; ti auguro un settimana serena e sorridente; nella speranza di leggere ancora tue nuove poesie, ti abbraccio forte..

    ResponderExcluir
  15. Oi Mary, Falo desse blog que você não atualiza e eu tenho outro blog: Mundo dos Inocentes. Vá lá conhecê-lo quando quiser.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  16. Oi Mary,
    Eu só quis te poupar.
    Tristezas já tem demais
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  17. Palavras profundas e belas, para falar de um triste adeus...
    Mary, beijos!

    ResponderExcluir
  18. Olá,Boa noite, Mary Veloso
    Como vai? Deus te abençoe!
    Saudades, também...obrigado pelo carinho, tá,bom domingo, muita paz e luz, beijos!

    ResponderExcluir
  19. Para todo poeta as despedidas sempre serão tristes assim.
    Um beijo grande amiga.
    Boa semana para você.

    ResponderExcluir
  20. Oi Mary,
    Saudades de ti
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  21. Foi muito bom reler o seu poema, Mary.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  22. Olá, cara e estimada amiga.
    Depois de longa ausência, volto a lhe visitar e o faço me expressando em poucas palavras:
    “Que a Luz do Sagrado ilumine o vosso caminho...”
    Aceite meu abraço e até mais!

    ResponderExcluir
  23. Oi Mary,
    Nos abandono?
    Pelo ao menos um e-mail.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  24. Oi Mary. Volte a escrever no blog.A vida continua, apesar dos percalços
    Beijos no coração
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  25. Passando para agradecimento!

    Agradecer
    Elogiar, pelo belo que faz
    E parabenizar é uma virtude que
    nos temos para com os bons amigos
    E com carinho de sempre recebo sua
    visita com muito amor
    Sua presença é marcante no meu
    Cantinho

    Bjusss

    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  26. Me solidarizo ao poeta em questão, não quero mais escrever versos triste. Embora a vida seja essencialmente triste, e se é alegre por acidente, ou por louca decisão de remar contra a corrente, por imposição. Ótimo texto!

    ResponderExcluir
  27. Olá Mary! Vim conhecer e admirar seus belos textos, onde reconheço evidentes o sentimentalismo e nostálgico emblemáticos dos poetas que cantam a tristeza de modo tão brilhante que nos encantam. Por fim, transformam um fato triste num brilho eterno, que nos deleitam e nos deixam pasmos.
    Adorei ler seus escritos. Parabéns!
    Um abraço e tenha bons dias!

    ResponderExcluir
  28. OI MARY!
    POR ONDE ANDAS AMIGA, VÊ SE APARECE.
    ABRÇS
    http://zilanicelia.blogspot.com.br/-

    ResponderExcluir
  29. Oi Mary,
    Parece que você foi a protagonista da sua poesia
    Saudades
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  30. Olá, Boa noiteeee, Mary Veloso
    pronto, vim matar a saudade docê... vish véi, também estava ...
    Espero que esteja tudo bem contigo... comigo, tudo na paz,somente o PC que está ruim...
    Obrigado pelo carinho,Deus te abençoe,belo final de semana,belos dias, beijos...té +

    ResponderExcluir
  31. Oi Mary... Espero que esteja bem!
    Saudades!

    Beijos no coração!

    ResponderExcluir
  32. Mary, a moça do Rio Grande do Norte que se amarrou no nosso pastelzinho de queijo, que bom! [risos]
    Amiga, obrigada pelo incentivo carinhoso deixado por lá. Adorei!
    Esse último poema, esse desabafo, todos nós temos o nosso dia de abrir o peito e gritar. Dá para refletir...
    Amei o seu espaço!
    Mil carinhos!!!

    ResponderExcluir
  33. La Poesía es como la Vida misma. En ella simbolizamos nuestros estados de ánimo, nuestras incertidumbres y pesadumbres. Precioso Poema, pleno de nostalgia, angustia y realidad al amparo de esas lembranças que davam lugar a um imenso silêncio.
    ¡¡¡Obrigado por tu comentario en la Poesía de nuestro Amigo en común J.R Viviani!!!
    Abraços e Beijos.

    ResponderExcluir
  34. Escrevo para ti...Sabes que é para ti...
    Os nomes não têm cor
    São simples diagramas em conflito
    Os nomes são muda sinfonia de sonata em desamor

    Serei um barco vencendo rotas novas
    Aplanarei as rugas de todas as montanhas
    Vai arder novamente este sofrido coração
    Hoje tive vontade de pintar uma oração


    Terno beijo

    ResponderExcluir
  35. Olá, Mary Veloso
    saudades,também,docê doceamiga, espero que esteja tudo"riba",Deus disse que sim e que te abençoa sempre...
    Aquele Romance que tu acabou de ler, é mais uma ficção minha, estou cada vez mais romântico,hehehe,Obrigado pelo carinho,belos dias, bom final de semana,boa noite,bom dia,boa tarde, beijos!

    ResponderExcluir
  36. Oi Mary,

    Que profundo e triste

    Mas mesmo assim intenso e lindo!!!

    Tenho uma prendinha para si!!!


    Basta carregares no link http://marysillusionsblog.blogspot.pt/p/premios-e-mimos.html e terás acesso a ela!!! =)


    Beijinho

    ResponderExcluir


“O Poeta é um fingidor, finge tão completamente
que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.”

( Fernando Pessoa)


Arquivo do blog

jf.maps

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...