17 de jan de 2014

O velho poeta...

                 Imagem da internet         
O velho poeta
Hoje caminha sozinho!
Perece a solidão das noites frias.


Suas mãos trêmulas,
Seus olhos já enevoados.
Traído pelo destino,
Ele disfarça a sua dor.

Em seus arquivos...
Apenas traços rabiscados

Versos incompletos
Lembranças da sua musa

Que ficou lá no passado.


Cabisbaixo sobre sua velha escrivaninha

Ele chora a solidão, que aos poucos,

Consome a alma de um poeta,

Que um dia tanto sonhou...
Com um amor de poesia.

      ***

     

30 comentários:

  1. Que belos versos Mary!
    Meio tristes, no final.

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  2. Linda e triste inspiração! beijos praianos, tuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  3. Linda e triste inspiração! beijos praianos, tuuuuuuudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  4. Oi Mary
    A dor retratada por versos espetacularmente inspirados e profundos. maravilhosoooo
    Estou retornando das férias e só agora voltando às visitas. Peço desculpas pela demora mas precisava de uns dias longe da net para renovar as energias. Agradeço o teu carinho, as mensagens lindas que sempre me envia e tuas carinhosas palavras no meu blog. Tenho por ti um imenso carinho e grande admiração
    Um excelente final de semana
    Beijos e afagos no coração
    Gracita

    ResponderExcluir
  5. Boa noite Mary.. como poeta me vi em teus versos....
    é bem assim que nos sentimos bjs e até sempre amiga querida

    ResponderExcluir
  6. Oi Mary,
    O poeta fez poesias e esqueceu-se de concretizar um amor, hoje só, lê tudo o que ficou pra trás.
    Temos que viver a poesia.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  7. tadinho do poeta, é sempre tão
    romantico e muitas vezes acaba sozinho
    achei lindo e cada palavra tocou meu coração
    Perfeito

    Bom final de semana
    Abraços de sempre


    └──●► *Rita!!

    ResponderExcluir
  8. UN TRIBUTO MELANCÓLICO.
    UN ABRAZO

    ResponderExcluir
  9. ...cara amica Maria, mi sono rivisto nei versi delicati della tua poesia; forse sto invecchiando troppo velocemente...ti abbraccio forte nella notte, e grazie delle belle parole che hai lasciato nel mio post...

    ResponderExcluir
  10. Olá,Mary Veloso
    Que lindo...
    ...eu não sou poeta,mas creio que quando ficar velho, não sofrerei muito, tal como, pois escrever, para mim,é deixar o orgulho de lado, abrir-se aos outros, ao mundo falar coisas que sequer poderia imaginar que estavam lá dentro do peito.É acreditar e pensar que nada é em vão ,pois escreve as inconstâncias da vida, de suas peças e suas passagens, até o amor impossível se realiza. tudo tiradas da alma, de dentro de si...
    Obrigado, Boa noite, belo domingo, beijos!

    ResponderExcluir
  11. Amei sua poesia amiga Mary !

    '' Cabisbaixo sobre sua velha escrivaninha
    Ele chora a solidão, que aos poucos,
    Consome a alma de um poeta,
    Que um dia tanto sonhou, com um amor de poesia. ''

    Amei !!!

    Beijos no coração !

    Fernanda Oliveira

    ResponderExcluir
  12. olá! te seguindo aqui também,fica c/Deus bjs!http://wwwmazeblogspotcom.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oi, Mary, querida!

    Tudo bem? Por aqui, frio e chuva, quanto baste.

    Ontem, pensei em você, mas depois tive de sair, (comprar uma geladeira) e cheguei já um pouquinho tarde. De qualquer jeito, hoje, "você" não escaparia da minha amizade sincera, de te visitar e te dar um abraço, bem apertadinho.

    Amei seu escrito, tal como a imagem, que o encima. Adoro gente idosa, pois acho que já muito fizeram pela nossa sociedade, e encerram em suas mentes um montão de sabedoria.

    As crianças têm o mundo à sua frente, e se o souberem "usar" e aproveitar serão mais favorecidas que os idosos, porque no tempo destes, não havia PC, TV e tanto avanço em outras áreas, como, por exemplo, na Medicina.

    O velho poeta de que tu falas em teu poema, se mostra triste e cabisbaixo, por não ter sido feliz, e por não ter feito o melhor poema do mundo. É sempre assim. Os poetas são uns insatisfeitos, mesmo sendo muito bons. Seu estado de espírito é controverso.

    Graças a Deus que eu escrevo umas "coisinhas", mas sou muito feliz, mas pra te falar a verdade, quando posto, até que acho o poema satisfatório, mas no dia seguinte, ele me parece sem jeito, sem graça. DOIDICES MINHAS.

    Lindo domingo e melhor semana, com amor.

    Beijos da Luz, que muito te estima.

    ResponderExcluir
  14. Que obra prima.Mary.

    Você conseguiu extrair a alma de um velho poeta e aqui colocar.

    Obrigada pela visita,amiga.


    Beijinhos, ótima semana!


    Dryka

    Face Book :

    https://www.facebook.com/adriana.paz.505960


    Blog Suas Histórias Nossas Histórias



    ResponderExcluir
  15. Olá, Mary Veloso, agradeço pelo carinho, muitoooo obrigado, bela noite e belos dias, beijos!

    ResponderExcluir
  16. O realismo deste poema comoveu-me!
    É uma página de vida.

    ResponderExcluir
  17. Olá Mary! Passando para agradecer pela honrosa visita e o gentil comentário deixado com tão belas palavras no nosso Arte & Emoções. Estou retornando de um merecido descanso, e gostaria muito de continuar contando com a sua valiosa atenção e colaboração, para que possamos juntos caminhar e produzir durante todo o ano de 2014. Muito obrigado de coração pela sua amizade.

    Belo poema amiga. Como sempre , a inspiração caminhando ao seu lado.

    Abraços e que DEUS nos abençoe.

    Furtado.

    ResponderExcluir
  18. Olá, Mary Veloso
    Bom dia,obrigado pelo carinho, será dado o beijo à Bianca,belo dia de quinta feira, beijos!

    ResponderExcluir
  19. OI MARY!
    CÁ ESTOU, E TU ONDE ANDAS? SNIFF
    JÁ VISTE QUE DE QUANDO EM QUANDO NOS PERDEMOS PELA BLOGOSFERA, MAS, LOGO NOS REENCONTRAMOS.RSRSRSRS
    TEU TEXTO ESTÁ MUITO LINDO E COM EMOÇÃO A FLOR DA PELE.
    ABRÇS

    http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

  20. Querida amiga e poetisa Mary !!!!!!

    Passando por aqui para deixar o meu
    Abraço e carinho, ao mesmo tempo,
    Deleitar-me com a beleza de seu Blogue
    E conteúdos, como também, desejar-lhe
    Um fim de semana maravilhoso, com
    Muita Paz, Luz, Amor e felicidade em
    Seu coração!
    Belíssima Poesia. Gostei muito.

    Beijos de luz !!!!!!!!

    POETA CIGANO – 25/01/2014

    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderExcluir
  21. Que lindo poema! o envelhecer por vezes é tão triste!
    Bjs

    ResponderExcluir
  22. Lindíssimo Mari! Mas, sentimentos nunca envelhecem, esse velho coração, é um relicário de saudade, é um vulcão só aparentemente inativo.

    http://apoesiaestamorrendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi Mary! passando para agradecer a tua visita e amável comentário, assim como desejar uma ótima semana para ti e para os teus.

    beijos,

    Furtado.

    ResponderExcluir
  24. Oi, Mary, querida!

    Passando pra te desejar boa semana, e te deixar um beijinho e um abraço bem apertadinho.

    Tudo de bom, e vá, aparecendo, quando te for possível, tá?

    ResponderExcluir
  25. Só para cumprimentar. Até ao próximo!

    ResponderExcluir
  26. Belo poema, apenas soa meio triste, mas é uma forte realidade da vida!Bjs e uma semana em paz e com muitas realizações.

    ResponderExcluir
  27. ...dolce Mary, spero tanto che tu stia bene, che tu scriva ancora delle belle poesie, affinché io possa leggerle...un forte abbraccio...Sergio...

    ResponderExcluir
  28. Passando para ler novidades....
    Deixo um beijinho

    ResponderExcluir
  29. Oi, Mary, querida!

    Passando pra te desejar boa continuação de trabalho e te deixar um abraço e um beijinho.

    E quando terá você férias? No carnaval, seria ótimo, né?

    Te desejo um bom resto de semana.

    Beijos da Luz, carinhosamente.

    ResponderExcluir


“O Poeta é um fingidor, finge tão completamente
que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.”

( Fernando Pessoa)


Arquivo do blog

jf.maps

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...