22 de mai de 2013

Noites de inverno

Imagem do Google
Noites frias de inverno
 Brisa gelada que congela minha alma
Folhas úmidas que não me aquece
Sol que já não me acalma
A solidão aos pouco me enfraquece
Em noites frias de inverno
***



21 comentários:

  1. Oi, Mary. as noites de inverno sempre são sombrias e trazem nostalgias, mas tmb pode ser um momento de acolhimento da alma consigo mesmo, com Deus e com quem estamos perto. bjsss lindona!

    ResponderExcluir
  2. No inverno precisamos aquecer, beijo Lisette.

    ResponderExcluir
  3. QUERIDA AMIGA TEMOS TEMPOS INSUPORTÁVEIS ONDE A SOLIDÃO SOMA AS NOSSAS VIDAS EM MENOS QUE ZERO E AI PERGUNTAMOS A NÓS MESMOS...SERÁ POSSÍVEL VIVER ASSIM?

    UM BEIJO ENORME AMIGA QUE POSSAMOS TER O CONFORTO DE NOSSAS ESCRITAS E DOS AMIGOS QUE SOMAM DE VERDADE.

    ResponderExcluir
  4. Boa noite Mary
    Vim te trazer o meu abraço pelo dia de hoje. E como é gostoso dar um abraço em alguém que a gente admira. Feliz dia do abraço!
    Gracita

    ResponderExcluir
  5. Amiga
    belo teu blog, um dia de paz, bjs

    ResponderExcluir
  6. Mary

    Li um poema, no caso posso considerar em jeito um bom pensamento poético. Dou muito nota.-
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Olá Mary,
    boa tarde,
    há noites que estamos tão sozinho que não existe abrigo para aquecer o nosso interior, certo?

    desejo-le um ótimo fim de semana
    beijos e abraços

    ResponderExcluir
  8. Oi Mary
    Uma jovenzinha como você tem que olhar para cima e agradecer por sua vida, não reclamar, ver beleza no caminhar de uma formiga, tão pequenina que nunca dorme durante sua vida,apenas cochila, vê o alvorecer sorrindo sua vida, a chuva molhando seus pensamentos e a noite a lua sorrindo seus beijos numa praia deserta.
    Eu sou assim, escrevo demais, falo demais, quem perto de mim fica o sorriso faz morada.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  9. Oi Mary
    No inverno ficamos mais nostálgicos e sentimos com mais intensidade a falta de um grande amor.
    Um grande abraço
    Bruno

    ResponderExcluir
  10. Querida amiga
    Vim para lhe dizer que não me esqueci de ti, nem deste lindo cantinho, peço desculpas pelo meu silencio, mas tem sido por conta da vida, que em certas vezes nos pede um pouquinho de tempo para ela mesma. Vida que apesar de nos trazeres muitos desafios a desvendar, nos trazer a serenidade de te viver com muita alegria, paz e amor.
    Peço desculpas pelo recadinho montadinho, eu queria muito passar pelo seu cantinho para e ficar por mais tempinho e desfrutar do aroma deste lindo lugar, pode demorar um pouquinho, mas voltarei.
    Tenha uma linda tarde coberta de muita paz e Amor!
    Com carinho
    Abraço amigo
    Querida amiga se poder venha conhecer o meu site. http://www.mariaalicecerqueira.com.br/
    O meu muito Obrigado de todo o meu coração. Que Deus os abençoe!

    ResponderExcluir
  11. Sorria a primavera está logo ali e o verão já irá chegar, é aasim com o tempo é memso assim com a vida, a cronologia por vezes é o nosso remédio, ame, perdoe e seja caridosa com tudo e com todos e seja muiiiito feliz, aceite do tio Castanha bjos, bjos e bjosssssssssssss

    ResponderExcluir
  12. Bom dia !!!
    Bom sábado ......
    Vim deixar um abraço, que seu final de semana seja cheio de paz.
    Tem sempre um post valioso, que adoro, o que é muito bonito

    -Uma frase.-

    Um amigo me chamou pra cuidar da dor dele, guardei a minha no bolso. E fui.

    Clarice Lispector

    Abraços
    Rita!!!!

    ResponderExcluir
  13. OI MARY!
    NO INVERNO SENTIMOS ESTE FRIO FISICAMENTE E EM MOMENTOS DE TRISTEZA É COMO SE ELE NOS ENTRASSE PELOS POROS ATINGINDO NOSSO INTERIOR NOS DEIXANDO MAIS INTROSPECTIVOS...
    AINDA BEM, QUE APÓS O INVERNO, VIRÁ A PRIMAVERA E ASSIM SUCESSIVAMENTE.
    ABRÇS http://zilanicelia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Mary
    Vc é sempre inspirada! Gostei do poema, vc fez uma analogia bem legal.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  15. Muito bom. Viver esse frio que o romance oferece, essa solidão que o amor propõe, é a poesia acinzentada que todos nascem sem saber enfrentar.


    diademegalomania.blogspot.com

    te aguardo pra uma visita.

    ResponderExcluir
  16. Oi querida
    Passando para agradecer o comentário e matar as saudades.
    Um beijo
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  17. Olá minha nova amiga!
    Obrigada pela visita em meu blog.
    Era pra ser uma crônica sobre o Sol, mas acabou saindo meio que um poema...
    O seu poema diz muito de como me sinto no inverno! Gostei muito do seu blog.
    Bjs, que Deus a abençoe.

    http://adelisa-oquerealmenteimporta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Querida amiga Mari!!!

    Me senti lisonjeado com mais uma sua visita ao
    Meu Blog. Obrigado pelo seu carinho para
    Comigo e meus trabalhos. Estive um pouco
    Afastado, devido ter ido visitar a minha mãe
    Em Vila Velha-ES, de quase 90 anos, que não
    Estava boa de saúde. Com exceção de mim, toda
    Minha família mora lá, por isso me demorei um
    Pouco, mas estou de volta.
    Passando para retribuir a visita, deixar o meu
    abraço e carinho.
    Desejo-lhe um lindo dia e maravilhosa semana.
    Que haja muita luz em seus caminhos e amor
    E felicidade em seu coração!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Beijos de luz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    POETA CIGANO – 27/05/2013

    http://carlosrimolo.blogspot.com
    “Poesias do Poeta Cigano”

    ResponderExcluir
  19. ...ciao Cara Mary, versi che rispecchiano uno stato d'animo in solitudine, e il freddo del cuore privo di amore, ma l'amore è anche accanto a te, che vuole essere scoperto..abbraccio e buona settimana...:-)

    ResponderExcluir
  20. Oi querida!
    Você não soube me interpretar, então deixei no meu blog minha explicação para você. Se eu fosse racista não teria adotado um filho negro.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  21. Mary, Querida

    As noites de Inverno sempre são um motivo para o aconchego das Almas, para o aproximar do calor que emana da chama do Amor.


    Beijos



    SOL


    ResponderExcluir


“O Poeta é um fingidor, finge tão completamente
que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.”

( Fernando Pessoa)


Arquivo do blog

jf.maps

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...