12 de nov de 2012

Só mais um dia!



                                                         Por que eu tenho que ser assim
                                                         Não gosto do que me tornei
                                                         Não acredito mais no amor. 

                                                         Por mais que eu tenha consciência     
                                                         Que todos os meus dias irão ser assim
                                                         Essa variação, entre sorrir e chorar.

                                                          Momentos que chega a ser desesperador
                                                          Nunca vou acostumar com os dias em que
                                                          Não sinto vontade de conversar com ninguém
                                                          Nem com as lagrimas que banham o meu rosto 
                                                          Copiosamente.

                                                          Hoje estou assim, amanhã não sei,
                                                          Talvez eu já esteja bem, e sorrindo
                                                          Eu sou assim...
                                                          Mesmo sem explicação, eu sou assim.
                                                                                             ****
                         

                                     

17 comentários:

  1. Bom dia, a poesia é uma forma de desabafar nossas tristezas e amores perdidos. O amos quando se perde se vê sua importância. Um belíssimo poema, parabéns.
    Tenha um bueno dia.

    ResponderExcluir
  2. As vezes nos perdemos pelos caminhos e por fim,,não ficamos satisfeitos com o que nos tornamos...beijos amiga e uma bela tarde pra ti.

    ResponderExcluir
  3. A poesia tem esse lance maravilhoso: deixar-nos desabafar.
    Excelente texto.
    Abração.

    ResponderExcluir
  4. Oi Mary, cheguei aqui através da Luciana (http://... bipolar)
    Oscilar entre lágrimas e sorrisos pode ser normal;-)))

    Abração
    Jan

    ResponderExcluir
  5. Oi Mary
    Lindo poema! Triste, até paradoxal, mas lindo, vc escreve muito bem. Quanto a ter feito um post. Eu sempre faço quando ganho um selo carinhoso como o que ganhei de ti, como vc falou é uma demonstração de carinho e não pode passar em branco.
    Bjão. Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  6. São esses detalhes que definem a nossa personalidade.
    Nós visitamos os Blogues, lemos e vamos construindo, na nossa imaginação, a imagem de quem pode estar do outro lado.
    Ainda estou no principio mas parece-me, que a Mary, é uma pessoa de convicções e que sabe o que quer.
    Eu gosto disso.
    Um beijo de amizade.

    ResponderExcluir
  7. Lindos teus versos e desabafo! beijos,chica e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  8. Olá!Boa noite!
    Mary...Tudo bem?
    ... o quanto precisamos de nos amar e de nos apaixonarmo-nos por nós próprios, primeiro individualmente, para depois nos podermos dirigir aos outros...e a consciência desta realidade como um todo ou da sua dualidade inerente é o que nos permite encontrar o verdadeiro caminho de sua felicidade...
    Obrigado pelo carinho da visita!
    ótima quarta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. Oi, Mary... Muito bom. Sim, nossas vidas são entre sorrisos e lágrimas. Precisamente este é o encanto da vida. Eu nunca ficar entediado... Todos os bons pensamentos!

    ResponderExcluir
  10. Mary Bom ter consciência destas coisas...mas não se deixe amargar com o AMOR ...ELE è e sempre será a fonte da alegria ...se tristezas te trouxe ou traz ...não é AMOR VIU ..Um beijo Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  11. Hola Mary, perdón si no paso más seguido tengo problemas con entrar a tu blog se corta Internet, no se como solucionar el problema. a ti te pasa lo mismo cuando visitas el mío?.
    Me encanta leerte y me pone muy mal no poder dejar comentarios, espero que éste pueda quedar y así te enterás del problema que tengo.
    La vida es sonrisas y lágrimas, tal vez más lágimas, pero no importa lo que vale es saber vivir plenamente cada día.

    Un abrazo muy grande.

    ResponderExcluir
  12. Que beleza Mary.
    O final é fantastico amiga.
    Lindo fim de semana com toda paz e luz.
    Um carinhoso abraço.
    Bjo.

    ResponderExcluir
  13. OI MARY!
    EIS A VIDA!
    UM DIA ESTAMOS SORRINDO OUTRO CHORANDO,MAS NESTE VAI E VEM DE SENTIMENTOS, CONTRADITÓRIOS ESTÁ SENDO FORJADO A PESSOA QUE SEREMOS...
    COM CERTEZA AO SE ENCONTRAR O AMOR VERDADEIRO, SE RI, MUITO MAIS DO QUE SE CHORA...
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  14. Oi Mary
    Que linda poesia, um pouco tristonha.
    Deixa o amor brotar no seu coração que o dia amanhecerá nublado, com preguiça de levantar.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  15. Uma linda noite pra ti minha amiga e um excelente feriado cheio de poesias e flores...beijos e beijos..

    ResponderExcluir
  16. Todos somos assim. Não é privilégio seu viver entre o sorriso e a lágrima.
    Quem não chorou, não viveu conflitos, não precisou se isolar, sofrer e repensar?
    Quem não depositou a sua alma leve em um amor, sorriu com os olhos, viveu um amor que trouxesse felicidade?
    Somos dualidade, nunca cansarei de dizer, logo, esses momentos são normais na vida do ser humano, até daquele que insiste em não admitir isso.
    Beijos na alma!

    ResponderExcluir


“O Poeta é um fingidor, finge tão completamente
que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.”

( Fernando Pessoa)


Arquivo do blog

jf.maps

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...