10 de jun de 2012

Doces palavras


Imagem do Googl
Palavras... Doces Palavras,
Remédio para o ego, de uma alma cansada

Que de tudo se alegra ao ouvir, doces palavras.

   Amor carrega saudades
E sangra a alma.

Mas, a cura para a dor do amor, e o próprio amor.


Amor sem defeito que explode no peito

Aquece o corpo, alimenta a alma.
O ser amado se torna seu ídolo maior, sua fonte de vida.


Amor que chega de forma sutil

Que em pouco tempo toma todo espaço, na alma e na vida.
                    De quem tanto ama, e de quem é amado.                              
                                                                          

Um comentário:


“O Poeta é um fingidor, finge tão completamente
que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.”

( Fernando Pessoa)


Arquivo do blog

jf.maps

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...