2 de nov de 2012

Com o amor não se brinca!


 Foto meus sccraps
Clarinha,mulher fogosa, sempre desejada, sempre cortejada.
Lindas curvas, seios fartos, lábios carnudos.
Os garotos da sociedade sempre mexiam com ela
Sempre que ela passava na rua com seu jeitinho sensual os instigava 
Ela fazia de propósito, sentia prazer em atiçar os desejos deles.

Eh! Mas com o amor não se brinca, pobre Clarinha!
caiu na sua própria armadilha.
Sebastian Rapaz desajeitado, o popular feiinho!
Ela sempre o desprezava, usava-o como garoto de recados, ele! 
Fazia tudo que ela lhe mandasse
Mesmo louco de amor por ela,
Arrumava até sua cama para que ela deitasse com outros.

Um dia ele não apareceu na casa da Clarinha, ela já sentiu sua falta
Ele teria que levar um recadinho, como os de costumes
Chega o outro dia, e nada...
 Ela começa a ficar preocupada com ele
Bem feito pra ela!
Em sabia onde ele morava tão grande era seu desprezo por ele
 Clarinha começou a entrar em desespero!
 Só aí se deu conta do mal que estaria fazendo pra ele.

Percebeu que o amava, mas já era tarde, será?
Não, não era tarde!
Ele fez de propósito, não suportava mais ser rejeitado
Nem queria mais ser apenas um garoto de recados, ele queria mais
Queria o amor de Clarinha, mas achava impossível
O tempo todo ele observava os passos dela.

Como se nada tivesse acontecendo ele aparece do nada
Ela fica feliz, até chora de alegria, se declara pra ele
Pede perdão por tudo que lhe fez passar
Ali ela realiza o maior sonho da vida dele
Deitar na cama que antes ele arrumava pra outros deitarem com ela.

Quanta inveja! todos queriam estarem no lugar do 
Sebastian,
 Mas será que Clarinha  vai considerá-lo?
Não sei!  

 ****

 Rafhaella


29 comentários:

  1. Jamais brincar com esse mais puro sentimento,,amar,,,receber e doar amor é coisa séria...belos versos...beijos de bom feriado e bom final de semana cheio de versos e flores...

    ResponderExcluir
  2. Olá Mery: Ele vai ser mais um chifrudo incondicional. Ela não o amava e sim sentia falta do pombo correio para ganhar dinheiro.kkkk. Bela imaginação, tá aí um pedaço da sua imaginação para um conto inebriante, é só usar a cuca.
    Beijos Hi! Hi!
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  3. Com o amor não se brinca
    Com a vontade também não
    O desejo à brincadeira convida
    Não contrariar o seu coração!

    Ele sabe o que quer
    O abrigo o desejo
    Nos lábios de uma mulher
    Está um doce beijo!

    Bom fim de semana para você,
    um abraço
    Eduardo,

    ResponderExcluir
  4. Esse Sebastian, não sei não.Levar recados, arrumar cama para o outro?! Não são atitudes acertadas. Ainda bem que ele achou um meio de por fim a isso tudo e, assim, a beldade descobrir o amor por ele. ainda bem!
    Legal o conto em forma de versos.
    Abração.

    ResponderExcluir
  5. O amor é um sentimento tão lindo e sério que deve ser respeitado...
    E pensar que há pessoas que não o leva a sério!
    Beijos!!!
    Mariangela

    ResponderExcluir
  6. Oi minha amiga, estou passando para avisar que o meu blog VIVENCIAS está sendo desativado mas já fiz um outro de nome VIVENDO A VIDA nos mesmos moldes do antigo. Conto contigo. Acessa: www.sfersete.blogspot.com Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  7. Um mimo seu post, vc é sempre muito especial em tudinho q edita, pra vc minha linda menina e sua princezinha maravilhosa, vai do tio Castanha amáveis bjos, bjos e bjossss _O tempo todo ele observava os passos dela!

    ResponderExcluir
  8. Mary minha linda ...muito verdadeiro é uma pena que existam pessoas que se utilizem de artifícios tão baratos para atrair...brincar de AMOR é talvez a maior bobagem que um ser humano pode fazer ...Em fim quem viver verá um beijo lindo pra te Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  9. Olá. Com amor para você jogar. Nunca. Gostei muito desta dica poética que você propôs a leitura. Poemas de Taleau um charme especial e uma abundância de vida entre as letras.

    ResponderExcluir
  10. Gente adore o blog.
    Ja estou seguindo.
    Beijos;

    ResponderExcluir
  11. Delicioso! Se durar, um mês ou dez anos, será válido. Entenderam que do amor não se foge. E o amor pode estar do outro lado do mundo, ou do seu lado. Agora, quer saber, viva o amor e seus defeitos aceitáveis. Mais um grande beijo do.:-BYJOTAN.

    ResponderExcluir
  12. Oi Mery!Passando por aqui para agradecer os constantes comentários no meu blog.
    Obrigada querida, você é genial no que faz.
    Beijos
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  13. Infinitas gracias por obsequiarnos la belleza y sensibilidad de tus versos querida poetisa. Muchos besinos y feliz domingo te deseo con inmenso cariño.

    ResponderExcluir
  14. OI MARY!
    PARA SE VER COMO AO CORAÇÃO, AS APARÊNCIAS NÃO CONTAM NADA.
    BOM RESTO DE FERIADÃO.
    ABRÇS

    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  15. O sentimento não aceita desaforo, se não compartilhar e rega-lo com amor, ele mingua e morre. Mais se regar e ele durar só algumas horas, então que seja tão maravilhoso que nunca esquecerá desse momento mágico.

    Tenha um lindo domingo amiga.
    Beijinhos de jasmim.
    Lua

    ResponderExcluir
  16. Um belo domingo e uma excelente semana pra ti minha amiga,,,cheia de paz, poesias e flores...beijos e beijos...

    ResponderExcluir
  17. Olá!Boa tarde!
    Mary..
    e quantas "Clarinha" existem no mundo. São egoístas que esperam do outro exatamente o que não se dão. O amor verdadeiro nunca faz sofrer e que traz alegria, motivação e prazer, agindo sempre com seu poder de harmonizar...PENSO EU!
    Obrigado pelo carinho da visita!
    ótimo domingo!
    Início de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. QUE DELICIA DE TEXTO MARY, ENCANTADA COM TEU BLOG E TESU POEMAS... SIGO VC E REGRESSO MAIS VEZES PARA LER-TE... BOM DOMINGO!

    ResponderExcluir
  19. São mudas as neblinas nesta ilha
    É de pobreza o pão que alimenta o meu sentir
    Oiço o mar com os meus próprios dedos
    Parti do desencontro dos meus derradeiros medos

    Parti e deixei no cais mil dúvidas
    Lembrei tempos que corri feliz pelas amoras
    Nesses dias bebi sofregamente a vida
    Nesses dias a minha alegria era incontida

    Um radioso domingo


    Doce beijo

    ResponderExcluir
  20. Oi Querida
    Acordei agora!Ai...
    O calor está nos matando
    Obrigada pela visita
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  21. Mary, en el amor no existe el egoísmo, se dá sin pedir. Me gusta la sensibilidad con que expresas tu poesía.

    Feliz domingo, un fuerte abrazo.

    ResponderExcluir
  22. Que feinho é esse heim? iaouioauaio

    ResponderExcluir
  23. Boa noite minha querida, passando para te desejar uma semana de vitória que vc tenha muitos motivos pra sorrir.
    Optchá!
    Cigana Raicha
    http://ciganaluminosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Mary, o meu novo blog é: www.sfersete.blogspot.com.br Obrigada, passa lá, depois eu também te adiciono. Beijos!!

    ResponderExcluir
  25. Admiravel, Mary
    Amei a sua poesia.
    Linda, e, agradavel de ler-se.
    Abraços querida, estou te seguindo.

    ResponderExcluir
  26. O amor é fogo...aonde te podes queimar!!
    Beijocas
    Graça

    ResponderExcluir
  27. Olà Mary,

    Destinos marcados jamais serão traçados .
    Nenhum amor nesta vida me faria fazer o que ele fez .
    Ele pode até ser charmoso, mas uma coisa é certa deve-lhe faltar uns parafusos naquela cabecinha oca :)

    Bela poesia, parabéns .

    Bjs

    ResponderExcluir
  28. Oi Mery
    Passando para retribuir a visita
    Beijocas
    Lua Singular

    ResponderExcluir


“O Poeta é um fingidor, finge tão completamente
que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.”

( Fernando Pessoa)


Arquivo do blog

jf.maps

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...