2 de out de 2012

Triste acordar e não te ver...


Triste acordar e não te ver
Nos meus sonhos você aparece em volta
Numa toalha.

Fiquei a imaginar seu corpo molhado
Ao sair sorrindo para mim.
Trocamos beijos alucinados
Com volúpia mais ardente dos apaixonados.

Cada momento se fazia eterno
Nossas mãos se buscavam tão grande era o nosso desejo.
Como sempre... Nessa hora acordei e não te vi
Até lagrimas rolou, já que parecia tão real.

A tela dos sonhos se apagou só aí me dei conta que tudo acabou.
Penso que a vida é curta, e que o meu amor é muito grande.
Quero desfrutar essa paixão com toda intensidade,
Mesmo que seja apenas em sonho... Eu quero você.
***

 Autor:Felisberto Jr
aversão:Mary
Postado por:Mary

17 comentários:

  1. Oi Mary,

    Já cá estou.
    Não importa quanto tempo dura o amor, o importante é a sua verdade e intensidade.

    Boa noite.
    Beijos da Luz, com ternura.

    ResponderExcluir
  2. sí, la vida es corta, por eso hay que vivirla con intensidad,y olvidarse de los rasguños.
    Gracias por pasar por mi casa.
    Con ternura
    Sor.Cecilia

    ResponderExcluir
  3. Esse amor mesmo quando acordamos deixa a sensação de presença.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá Mary
    Está todo mundo doido por essas horas, é paixão por todo lado.
    Obrigada pela visita.
    Beijos
    Dorli

    ResponderExcluir
  5. Tua liberdade é estar aprisionada
    na gaiola do coração dele
    porque é ele quem te leva
    para voar no céu azul
    e com um poema desse
    ele vem te aprisionar
    novamente.

    mui belo

    Luiz Alfredo - poeta

    ResponderExcluir
  6. Oi Mary! Desejo-lhe um bom dia! Importante é a esperança. Mas com ele podemos ir em frente. Amor e esperança estão sempre juntos. Li com prazer!

    ResponderExcluir
  7. Olá prezada amiga, bom dia!
    Com satisfação e muita honra venho lhe comunicar de que a sua apresentação no Prosas Poéticas foi ao ar. Lá vai o link:

    http://vendedordeilusao.blogspot.com.br/2012/10/prosas-poeticas-no-13-dia-apresenta.html

    Espero que lhe seja do agrado.
    Beijos e até mais!

    ResponderExcluir
  8. E no sonho, o sonho volta a se realizar

    ResponderExcluir
  9. OI MARY E FELIS!
    JUNTARAM-SE, DUAS ALMAS ARDENTES E APAIXONADAS, PARA CRIAR ESTE POEMA QUE NOS ENCANTA.
    PARABÉNS AOS DOIS.
    ABRÇS
    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  10. _Quero desfrutar essa paixão com toda intensidade...Nooossa q blezura, um mimo de proposta, gosto destes desafios de ir ao fundo, doar-se inteira, a poetiza esteve iluminada e inspirada por um belo e generoso anojo poético, vai do tio Castanha com carinho, bjos, bjos e bjosssssssss

    ResponderExcluir
  11. Já sou seguidor do belíssimo blog. Parabéns pelas suas lindas obras de artes. Um feliz dia. Francis Perot

    ResponderExcluir
  12. Obrigada Mary pelo comentário em Prosas Poéticas!O seu poema é maravilhoso!

    bjs

    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir
  13. Um gostoso momento que agora mora apenas na lembrança,,,,,nas coisas guardadas pela alma...beijos e uma bela noite de flores e poemas pra ti amiga...

    ResponderExcluir
  14. Olá!Boa noite!
    Mary!
    Tudo bem por aqui?
    ..ficou bonita a poesia em sua "versão"...eu gostei demais!Parabéns!
    Obrigado pelo carinho q vc sempre dedica aos meus escritos!De coração!
    Boa quinta feira!
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Meu blog é pequenino
    Mas adora festejar!
    Vamos logo, sem rodeio
    Do sorteio participar?

    Vem comemorar comigo o 6º aniversário do "Artesanato By Michele".
    Sua presença me deixará muito feliz!

    ResponderExcluir
  16. Obrigada pelo comentário Mary!Irei também ficar por aquí!

    bjs.

    Carmen Lúcia

    ResponderExcluir


“O Poeta é um fingidor, finge tão completamente
que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.”

( Fernando Pessoa)


Arquivo do blog

jf.maps

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...