15 de out de 2012

Avesso de mim !

Imagem retirada do google
                                                  Sou feliz, sou triste.
Caminhei entre flores e também por espinhos.
Andei por caminhos que julgava certo,
Cheguei a lugar nenhum.

Acreditei no amor, fui prisioneira da dor.
Minha alma chegou a um abismo infinito
Parte e mim é desilusão, outra parte é esperança.
Parte de mim carrega resquícios de um passado triste, 
outra parte um grande desejo de ser feliz.

Sou como o vento, hora suave, hora tempestuoso.
Se eu pudesse voltar o tempo, tudo seria diferente
 resgataria só o que me fez feliz.


22 comentários:

  1. Olá!Bom dia!
    Mary!
    Tudo bem?
    ..o amor verdadeiro é único e além da dualidade...
    Obrigado pelo carinho da visita!
    Boa semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá Mary bom dia!
    Desculpe a demora da visita!
    Como sempre os seu poemas cada um mais lindo que o outro.
    obrigada por sua visita beijos.

    ResponderExcluir
  3. O amor verdadeiro rompe todos obstáculo.
    "Tudo supera, tudo crê e tudo suporta".

    Belíssimo.
    Revelando sentimentos

    ResponderExcluir
  4. Na verdade o passado por vezes machuca, mas devemos olhar para cima e para frente. Belas palavras... Deixo o convite para conhecer meus blogs "Transbordando de vinho estão os meus Lagares e Coração de fera". Será uma honra te receber. Abraço carinhoso!

    ResponderExcluir
  5. Somos tudo que queremos ser,,,somos poesia,,,somos o que sentimos e sonhamos....beijos amiga e uma noite de paz com flores pra ti....

    ResponderExcluir
  6. Oi Mary
    Tudo na vida tem um começo, um meio e um fim!! Esqueceram do recomeço. Ele vem mais maduro e mais intenso.
    Um beijão
    Lua Singular

    ResponderExcluir
  7. Oi Mary! Bem, você encontrou! Parte alegre ou triste, ilusão, esperança de parte. Podemos passar a vida com cheio de almas belas. Em nosso caminho é a espinhos ou flores, mas vá em frente.
    Li com prazer, um belo dia!

    ResponderExcluir
  8. Oi Mary!
    Eu sempre dizia que queria voltar no tempo e mudar tudo. Hoje digo que aprendi! kkk Estou mais simples! bjss

    ResponderExcluir
  9. Desejos avessos. Um poema Bipolar! Gostei Mary!
    Obrigada pelas visitas querida!
    Bjos.

    ResponderExcluir
  10. A dualidade faz parte da rotina da nossa vida. Seria tão bom se somente coisas alegres e positivas estivessem ao nosso alcance, não é? Um grande beijo!!

    ResponderExcluir
  11. Olá, Mary

    Realmente é preciso jogar fora tudo que nos incomoda, o passado não pode mais voltar, o presente é dádiva e o futuro para ser construído. É muito bom receber seus comentários.

    Um abraço, paz e bem

    ResponderExcluir
  12. Que bonito elogio vc por esse
    poema tão bonito, gostei e desejo
    um dia feliz
    Bjuss com carinho
    Rita!!!

    ResponderExcluir
  13. Mary,

    Acho que temos visões diferentes de nossas personalidades fazendo cada vida ser duas ao mesmo tempo que é uma.

    Beijos.

    A Sonhadora

    ResponderExcluir
  14. Amei a bipolaridade trouxe a beleza !!! Um beijo Pedro Pugliese

    ResponderExcluir
  15. _Andei por caminhos que julgava certo, cheguei a lugar nenhum.
    Por isso é tão bom andar por aqui, vc sempre tem belas linhas para a leitura de cada visitante, esta poetiza é mesmo um delírio e a cada dia meu novo showwwwwwwwwwww, pra vc vai do tio Castanha bjos, bjos e bjossssssssssssss

    ResponderExcluir
  16. Hola Mary, eres ése viento suave que coloca las palabras en su justo lugar, hay veces que encuentro nostalgias otras una gran felicidad.
    Que tus caminos sean rodeados de luz y el amor tu compañero.

    Un abrazo.

    ResponderExcluir
  17. (> " " <
    ( ='o'= )
    -(,,)-(,,)- Hola ya estoy de vuelta pase a saludarte.

    B E S I T O S

    ResponderExcluir
  18. Hola, unas amigas blogueras hemos creado un Blog Directorio para publicidad de blogs gratuita.
    Dejo el enlace por si te interesa estar en nuestra lista.

    http://agregatublog.blogspot.com.es/

    Anímate, no dejes pasar la opor

    ResponderExcluir
  19. OI MARY!
    AINDA BEM QUE O QUE NOS FEZ SOFRER NO PASSADO, SE ESVAI, SÓ FICAM AS ALEGRIAS, O TEMPO É UM GRANDE COMPANHEIRO, VAI DIMINUINDO A INTENSIDADE DAS COISAS, TORNANDO-AS SUPORTÁVEIS.
    MAS, SAIBA QUE MESMO O QUE TE FEZ SOFRER, CONTRIBUIU, PARA FORJAR TUA ESSÊNCIA, PORTANTO,TAMBÉM VALERAM, FAZEM PARTE DE NÓS PARA SEMPRE.
    ABRÇS
    zilanicelia.blogspot.com.br/
    Click AQUI

    ResponderExcluir
  20. Olá Mary lindo poema adorei!
    Obrigada pela visita,e seu comentário beijos.

    ResponderExcluir
  21. ....sì Mary, bisogna gettare nel fiume Lete, tutto quello che porta sofferenza e dolore...lasciare che le lacrime tristi affoghino nelle acque dell'oblio, e rivolgere la bellezza della propria anima verso la luce di un nuovo giorno...un abbraccio..

    ResponderExcluir
  22. Se me é permitida tanta ousadia nas palavras aproveito para comentar as suas. Espero que ajude...
    Apenas penso que: tudo o que lhe fez chorar,(maus momentos, perdas, desilusões, traições, enfim...),são precisamente esses momentos os principais responsáveis pela excelente escritora, pensadora, pessoa que é hoje!
    Pense nisso de uma forma positiva e será mais feliz!

    Obrigado por ter aderido ao meu blog.
    Para mim um honra!

    Saravá

    ResponderExcluir


“O Poeta é um fingidor, finge tão completamente
que chega a fingir que é dor a dor que deveras sente.”

( Fernando Pessoa)


Arquivo do blog

jf.maps

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...